quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Keanu Reeves é um rei da rua (Dica de Filme)

Os Reis da RuaInformações Técnicas
Título Original: Street Kings / The Night Watchman
Gênero: Drama / Policial
Duração: 107 min
Origem: EUA
Sinopse
"Street Kings", anteriormente intitulado como "The Night Watchman", é o novo filme policial da Fox. Na trama, Tom Ludlow (Keanu Reeves, de "Matrix" e "Velocidade Máxima") é um detetive veterano que se propõe a desvendar um caso e tentar descobrir quem são os assassinos de seu parceiro, Detetive Terranoe Washington (Terry Crews, de "Click" e "Norbit"). Seu supervisor, Capitão Wander (Forest Whitaker, de "O Último Rei da Escócia"), tem como principal dever manter Ludlow dentro da Lei e fora das “garras” do Internal Captain Biggs (Hugh Laurie, da telessérie "House"). Ludlow conta com o suporte de um jovem detetive do departamento de roubo e homicídios (Chris Evans, o Tocha Humana de "Quarteto Fantástico") para rastrear todos os assassinos de Washington através de comunidades de Los Angeles. Tal determinação fica ameaçada quando os dois detetives deparam-se com assassinos e partem para um confronto, cujo objetivo é fazer com que vigore a justiça. O filme, dirigido por David Ayer ("Tempos De Violência"), tem o roteiro baseado em uma história de James Ellroy (roteirista de "A Dália Negra") e escrito pelo mesmo, em parceria com Kurt Wimmer (roteirista de "Ultravioleta" e "Equilibrium") e o novato Jamie Moss.
Meu comentário a respeito do filme
(...) Claro que quem vai ao cinema assistir a um filme do gênero quer ver tiroteio, sangue, briga e gritos na telona. Porém, se não se cria simpatia pelos personagens, pouco importa o desfecho deles. Tom Ludlow é praticamente inexpressivo. Talvez pela incapacidade de Keanu Reeves de variar as nuances do personagem tenha ajudado nesta conclusão, mas quando pega-se o vencedor do Oscar Forest Whitaker em uma atuação medíocre e o também premiado Hugh Laurie (da série Dr. House) em uma ponta deprimente, conclui-se que o roteiro não tem ciência do que quer em termos de dramaturgia. (...)
Crítica escrita por Diego Benevides, do site Cinema com Rapadura
***
É claro que vou discordar do referido crítico acima. Mas você se pergunta: por que então o Paulo colocaria uma crítica dessas feita ao filme aqui? Eu respondo na lata: é para você concluir (ou reforçar) que os críticos de cinema são mais chatos do que aquele seu professor de filosofia que pega no pé a aula inteira sem você ter feito nada de errado.
A história é boa, o elenco é bom, Forest Whitaker atuou bem, Keanu Reeves poderia estar melhor, mas, enfim, assista. Você não vai se arrepender de ter ficado sentado um pouco mais de uma hora e meia assistindo esse longa policial.
A nota? Ah, a nota é (de 0 a 10) 7, na minha humildezinha opinião.

Um comentário:

LaLa! disse...

Oiee!
Poxa eu bem q keria assistir esse filme =( num da tempo akosaisa

poxa eu to adorandu o livro! masi memórias póstumas de Brás cubas é insubstituivel! ja leu " O pricipe" de Nicolau Maquiavel?
eu adorei tbm xD

bjos